?

Log in

No account? Create an account
mairinesama
28 May 2011 @ 12:40 pm
gostar de você é a pior parte.
é ridículo
é humilhante.

Na sua mente eu provavelmente já não existo.
então vou sumir da sua vida definitivamente.

assim eu me protejo.
eu já não confiava em ninguém, agora eu sei que essa é a única forma de viver sem arrependimento.
 
 
mairinesama
26 May 2011 @ 10:48 pm
Hoje a psiquiatra me perguntou "o que te deixa feliz?"
 
 
mairinesama
18 May 2011 @ 07:25 pm
Struggling just now. Wanting to die. Not seeing the point in living.
Knowing I'm not living but only existing and hating that I know the difference.
I just don't want to be here.
Trying to distract the thoughts; the desires; the acts.
 
 
mairinesama
18 May 2011 @ 05:26 pm
Estou preparada para o meu papel, o problema é que estou sozinha no palco.
 
 
mairinesama
14 April 2011 @ 12:13 am
Quando tudo está bem, mas algo parece errado.

não quero estar aqui.
 
 
 
mairinesama
11 April 2011 @ 07:07 pm
Eu não aguento mais ser a segunda opção, eu não aguento mais ser chutada quando não precisam mais de mim, eu não tenho mais vontade de fazer nada porque ver os outros felizes me traz um desgosto imenso.

Não consigo confiar em ninguem não importa o quanto eu goste da pessoa, pra mim no momento que as pessoas não estão mais na minha frente elas vão me trair e eu que vou me ferrar no fim.
Odeio isso, odeio muito, queria poder confiar no amor dos outros, na amizade que seja, mas simplesmente não dá, pra mim sempre parece que tem ALGO errado e isso me deixa louca.

Triste não é quando você para de se importar, e sim quando você se importa demais pra se aproximar com medo de descobrir que todas as suas suspeitas são verdadeiras.

Porque enquanto eu tento acreditar nas palavras dos outros, eu não consigo ignorar o fato de que eu nunca vou ter certeza  se isso que se passa na cabeça deles.

E as vezes parece que quando eu preciso que alguem venha e me diga que eu sou uma idiota por duvidar, as pessoas apenas me dão mais evidencias de algo que pode ou não estar ali.

Caralho eu sou muito perturbada.
Tags:
 
 
mairinesama
29 March 2011 @ 03:38 pm
Se eu fosse escrever sobre todos esses sentimentos, sobre como eu te amo e como você me dá aquela sensação boa, sobre como eu fico besta perto de você, sobre como as vezes você me dá raiva e me deixa confusa porque eu nunca achei que fosse depender de alguem assim, sobre como eu tava tão acostumada com a idéia de estar sozinha e não esperava muito mais da vida, mas você veio e ferrou com essa noção e agora que eu sei como é ter alguém que eu amo acho que nunca mais vou conseguir ficar sozinha sem ficar solitária.

Eu não me importo realmente você é uma das melhores coisas na minha vida
mas quando você inevitavelmente se for, o que vai sobrar de mim?

eu quero ficar ao seu lado pra sempre, se dependesse de mim isso aconteceria
mas esse é o problema de qualquer relacionamento Não depende só de mim
e eu tenho certeza que você não vai querer ficar comigo pra sempre.

Porque eu tenho que me apegar tanto às pessoas?
Porque meu humor tem que depender tanto da validação dos outros?
Porque eu quero tanto que você dê atenção só pra mim?

Se eu fosse te falar tudo isso, você provavelmente não iria mais olhar na minha cara
Você não precisa de um capacho.

Sei que depois de tanto reclamar e de tantos 'eu odeio' e de tanta hipocrisia eu já não tenho moral pra pedir nada nessa vida, mas por favor só dessa vez eu quero que as coisas dêem certo.

[Talvez o EU sobre qual escrevo seja só uma fase, uma coisa normal de adolescente e do ser humano, ainda assim nenhum sentimento deveria ser visto como frescura porque para a pessoa naquele momento ele é real]
 
 
mairinesama
27 March 2011 @ 02:49 pm
Não sei porque.
Parece que as coisas que eu tenho feito ultimamente foram todas horriveis
meus colegas me incomodam pelo meu comportamento na aula
meus conhecidos me odeiam pelo meu comportamento na rua
acho que até meus amigos ONLINE não querem mais saber de mim.

Eu me sinto mal e só faço merda e decepciono todo mundo, porque eu não posso ser uma pessoa normal e querida e mimimi?
porque eu tenho sempre que agir como se eu fosse a unica pessoa que importa?

Nunca penso na minha familia, eu não gosto de muitas coisas que eles fazem, mas não muda que estão pagando pelas minhas coisas e eu só trago mais despesa e mais problemas sem nem fazer a minha parte

Chego a conclusão que o problema não é o colégio em que estou, não são os outros que estão no meu caminho, não é meu pai que é louco, não é minha mãe que obviamente prefere meu irmão, não são os outros que me deixam constrangida.

to num humor tão bosta que eu já abri uma cratera na minha perna, vai ficar uma marca enorme por um tempão. as outras ainda não sumiram pra completar
 
 
mairinesama
10 March 2011 @ 09:48 pm

Eu to cansada de mim.
Não faço nada certo, é muito frustrante.

Agora que tudo parecia estar melhor isso voltou, e não importa de quem é a culpa.

Parece que vou continuar a reclamar que "quando as coisas parecem melhores tudo dá errado" por um bom tempo ainda.

 
 
mairinesama
26 February 2011 @ 12:38 pm
Eu coloquei esse LJ na lista junto com minhas outras contas de coisas.
Acho que não foi uma boa idéia porque isso é tão...pessoal, eu quero poder escrever a besteira que me der vontade e falar do que me frustra sem sentir que estão me julgando.

No momento que eu divulgo o link dessa coisa aqui, eu começo a ler as poucas entries e fico tipo 'eu deveria arrumar isso, deveria deletar isso'
Ainda acho que ninguém vai visitar isso aqui de qualquer forma (graças a deus), mas eu me sinto mal já que a moral disso era poder escrever o que não posso falar porque sei que as pessoas não estão interessadas em ouvir ou que vão me achar isso ou aquilo ou que vão deixar de confiar em mim.

Eu não vou deletar nada, eu não vou arrumar nada.
Odeio a possibilidade de alguém me julgar por ler isso aqui, mas eu estou tentando não me importar
porque um dia eu quero falar com os outros sem me sentir mal.
Tags: ,
 
 
Em: Casa ~
Estou: anxiousanxious
Ouvindo: True to me